Mostrando postagens com marcador Santa Missa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Santa Missa. Mostrar todas as postagens

16 de jul de 2012

Missa Tridentina na Canção Nova - Homilia do Pe. Demétrio

"Aquilo que para as gerações anteriores era sagrado, permanece sagrado e grande também para nós" [Papa Bento XVI]

No último Domingo (15/07/2012), a Canção Nova acolheu, pela primeira vez, a Santa Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano - a Missa Tridentina!

Compartilhamos a muito instrutiva e esclarecedora Homilia proferida pelo Pe. Demétrio Gomes (Proclamação do Evangelho, Homilia, início do Credo...):

Ver no YouTube


O Santo Sacrifício foi transmitido ao vivo pela Internet, via Twitcam. O vídeo com a gravação completa está disponível no link: http://twitcam.livestream.com/b09ef

Artigo (e vídeo) do Portal CN: Santa Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano celebrada na Canção Nova

Mais informações - e fotos - no blog Ecclesia Una: Comunidade Canção Nova acolhe Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano

6 de jul de 2012

Santíssimo Sacramento, sinal supremo do verdadeiro Sagrado

"Deus, nosso Pai, (...) mandou o seu Filho ao mundo não para abolir, mas para levar a cumprimento também o sagrado. No ápice desta missão, na última Ceia, Jesus instituiu o Sacramento do seu Corpo e do seu Sangue, o Memorial do seu Sacrifício pascal. Agindo deste modo, Ele pôs-se no lugar dos sacrifícios antigos, mas fê-lo no âmbito de um rito, que ordenou aos Apóstolos que perpetuassem como sinal supremo do verdadeiro Sagrado, que é Ele mesmo."

Papa Bento XVI, Homilia (07/06/2012).

24 de jun de 2012

Domingo, dia do Senhor, Páscoa da semana

"O homem, enquanto imagem de Deus, é chamado também ao descanso e à festa. A narrativa da criação termina com estas palavras: «Concluída, no sétimo dia, toda a obra que tinha feito, Deus repousou, no sétimo dia, de todo o trabalho por Ele realizado. Deus abençoou o sétimo dia e santificou-o» (Gn 2, 2-3). Para nós, cristãos, o dia de festa é o Domingo, dia do Senhor, Páscoa da semana. É o dia da Igreja, assembleia convocada pelo Senhor ao redor da mesa da Palavra e do Sacrifício Eucarístico, (...) para nos alimentar d’Ele, entrar no seu amor e viver do seu amor. É o dia do homem e dos seus valores: convivência, amizade, solidariedade, cultura, contato com a natureza, jogo, desporto. É o dia da família, em que se há-de viver, juntos, o sentido da festa, do encontro, da partilha, também com a participação na Santa Missa. Queridas famílias, mesmo nos ritmos acelerados do nosso tempo, não percais o sentido do dia do Senhor! É como o oásis onde parar para saborear a alegria do encontro e saciar a nossa sede de Deus."

Papa Bento XVI (Homilia, 03/06/2012).

20 de jun de 2012

Santa Missa: participação ativa não é agitar-se externamente

(...) o Concílio [Vaticano II] promoveu a participação plena e ativa dos fiéis no Sacrifício Eucarístico. Hoje, olhando os desejos então expressos pelos Padres Conciliares sobre a renovação litúrgica à luz da experiência da Igreja universal no período transcorrido, é claro que uma grande parte foi alcançada; mas vê-se igualmente que houve muitos equívocos e irregularidades. A renovação das formas externas, desejada pelos Padres Conciliares, visava tornar mais fácil a penetração na profundidade íntima do mistério; o seu verdadeiro objetivo era levar as pessoas a um encontro pessoal com o Senhor presente na Eucaristia, e portanto com o Deus vivo, de modo que, através deste contato com o amor de Cristo, o amor mútuo dos seus irmãos e irmãs também pudesse crescer. Todavia, não raro, a revisão das formas litúrgicas manteve-se a um nível exterior e a «participação ativa» foi confundida com o agitar-se externamente. Por isso, ainda há muito a fazer na senda duma real renovação litúrgica.

A Eucaristia é o culto da Igreja inteira, mas requer também pleno empenho de cada cristão na missão da Igreja; encerra um apelo a sermos o povo santo de Deus, mas chama também cada um à santidade individual; deve ser celebrada com grande alegria e simplicidade, mas também de forma quanto possível digna e reverente; convida-nos a arrepender dos nossos pecados, mas também a perdoar aos nossos irmãos e irmãs; une-nos a todos no Espírito, mas também nos ordena, no mesmo Espírito, de levar a boa nova da salvação aos outros.

Além disso, a Eucaristia é o memorial do sacrifício de Cristo na Cruz, o seu Corpo e Sangue oferecidos na nova e eterna aliança pela remissão dos pecados e a transformação do mundo.

Papa Bento XVI, Mensagem na conclusão do 50º Congresso Eucarístico Internacional em Dublin (17/06/2012) - excertos, grifos nossos.

--
Assine nosso Boletim Informativo: CLIQUE AQUI