Mostrando postagens com marcador Pregações. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pregações. Mostrar todas as postagens

3 de jul de 2011

O poder do inferno nunca poderá vencê-la!

A vitória da Igreja e seu triunfo final contra “as portas do inferno” são assegurados pela promessa feita a São Pedro. Isto em nada diminui o drama deste combate. A Igreja toda, junto com o próprio Jesus, sua cabeça, reza pela missão de Pedro de confirmar os irmãos.

“Simão, Simão! Satanás pediu permissão para peneirar-vos, como se faz com o trigo. Eu, porém, orei por ti, para que tua fé não desfaleça. E tu, uma vez convertido, fortalece os teus irmãos” (Lc 22,31-32).

19 de jun de 2011

Solenidade da Santíssima Trindade

"Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê, não é condenado, mas quem não crê, já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito" (João 3,16-18).

Padre Paulo Ricardo medita sobre o Evangelho deste Domingo.

Ver na WebTVCN

12 de jun de 2011

Pentecostes: vinde, Pai dos Pobres!

Vitral (detalhe) da Igreja de Nossa Senhora das Vitórias (Nova Jersey, EUA)

Se a Igreja é o Corpo de Cristo, ela necessita de uma Alma. Esta Alma é o Amor de Deus derramado em nossos corações, a pessoa do Espírito Santo. Quem não recebeu este Amor é pobre no pior sentido da palavra. Nesta festa do Divino Espírito Santo, devemos nos dirigir a Ele com a humildade de verdadeiros mendigos e suplicar este Amor do qual não somos capazes.

1 de mai de 2011

Meu Senhor e meu Deus - Domingo da Divina Misericórdia

Jesus Misericordioso

O Dom do Espírito Santo e do perdão dos pecados aparecem, no evangelho de São João, como sendo o primeiro fruto da Ressurreição do Senhor. São Tomé pôde experimentar este Deus que tudo perdoa, ao tocar as chagas de amor de Jesus ressuscitado. Com isto ele nos dá a ocasião de renovar nossa fé na Divina Misericórdia.